Páginas

sábado, 16 de julho de 2016

C de criação

Aos meus pais. E a Preciado.


Eu tenho um defeito. Talvez não seja defeito, mas se for, não adianta. Eu acabo trazendo tudo para a vida. Não vou conseguir ler teoria, literatura, filosofia, astrologia e o escambau e não trazer para a minha vida. Ver onde isso começa e acaba dentro da vida. Se não couber dentro da vida, jogo para o lado e sigo adiante. Senão não vale a pena. De nada vale o que não nos ajude a viver, que seja só falatório, conjectura, imaginação. Imaginação, sonho e blá-blá-blá têm que estar dentro da vida. Senão construímos uma vida fora da vida.