Páginas

sábado, 22 de março de 2014

Tela sobre duas rodas

Entrando numa vibe minimalista, depois de uma experiência que eu deveria repetir mais vezes. Desta vez não vou ficar me explicando: quem entender o poema, maravilha! Se não entender, só lamento.




TELA SOBRE DUAS RODAS




Um passo,
um impulso,
ganho a rua,
cruzo o sinal.



E veloz,